Make your own free website on Tripod.com

Salmos da Bíblia

Salmo 22

Home
Salmo 1
Salmo 2
Salmo 3
Salmo 4
Salmo 5
Salmo 6
Salmo 7
Salmo 8
Salmo 9
Salmo 10
Salmo 11
Salmo 12
Salmo 13
Salmo 14
Salmo 15
Salmo 16
Salmo 17
Salmo 18
Salmo 19
Salmo 20
Salmo 21
Salmo 22
Salmo 23
Salmo 24
Salmo 25
Salmo 26
Salmo 27
Salmo 28
Salmo 29
Salmo 30
Salmo 31
Salmo 32
Salmo 33
Salmo 34
Salmo 35
Salmo 36
Salmo 37
Salmo 38
Salmo 39
Salmo 40
Salmo 41
Salmo 42
Salmo 43
Salmo 44
Salmo 45
Salmo 46
Salmo 47
Salmo 48
Salmo 49
Salmo 50
Salmo 51
Salmo 52
Salmo 53
Salmo 54
Salmo 55
Salmo 56
Salmo 57
Salmo 58
Salmo 59
Salmo 60
Salmo 61
Salmo 62
Salmo 63
Salmo 64
Salmo 65
Salmo 66
Salmo 67
Salmo 68
Salmo 69
Salmo 70
Salmo 71
Salmo 72
Salmo 73
Salmo 74
Salmo 75
Salmo 76
Salmo 77
Salmo 78
Salmo 79
Salmo 80
Salmo 81
Salmo 82
Salmo 83
Salmo 84
Salmo 85
Salmo 86
Salmo 87
Salmo 88
Salmo 89
Salmo 90
Salmo 91
Salmo 92
Salmo 93
Salmo 94
Salmo 95
Salmo 96
Salmo 97
Salmo 98
Salmo 99
Salmo 100
Salmo 101
Salmo 102
Salmo 103
Salmo 104
Salmo 105
Salmo 106
Salmo 107
Salmo 108
Salmo 109
Salmo 110
Salmo 111
Salmo 112
Salmo 113
Salmo 114
Salmo 115
Salmo 116
Salmo 117
Salmo 118
Salmo 119
Salmo 120
Salmo 121
Salmo 122
Salmo 123
Salmo 124
Salmo 125
Salmo 126
Salmo 127
Salmo 128
Salmo 129
Salmo 130
Salmo 131
Salmo 132
Salmo 133
Salmo 134
Salmo 135
Salmo 136
Salmo 137
Salmo 138
Salmo 139
Salmo 140
Salmo 141
Salmo 142
Salmo 143
Salmo 144
Salmo 145
Salmo 146
Salmo 147
Salmo 148
Salmo 149
Salmo 150
Salmos Hebraico - Escutar
Distorções nos Salmos - Tehilim
Mais Lidos
Provérbios

Salmo 22 

Embora se aplique aos acontecimentos de sua própria vida, David compôs este Salmo como uma profecia para poupar Israel de futuros exílios. Neste Salmo, o povo judeu aparece coletivamente mas sempre no singular. Ao recitá-lo, o indivíduo deve sentir a angústia do distanciamento de Israel de sua glória anterior, e orar a Deus pelo fim deste exílio tão dolorosamente longo.

1 - ORAÇÃO ANTES DE RECITAR UM SALMO
2 - SALMO ESCRITO - LÍNGUA PORTUGUESA
3 - TRANSLITERADO DO HEBRAICO
4 - SALMO PARA OUVIR NARRAÇÃO REPÓRTER CID MOREIRA (VERSÃO DIFERENTE DA ESCRITA).

>>>> Oração antes da recitação dos salmos<<<<<

Ó ETERNO, nosso D’us e D’us de nossos pais, que com amor escolheste teu servo David e seus descendentes, e que te deleitas com cânticos e louvores, possam ser do Teu agrado os salmos que vou pronunciar. considerá-os como se o próprio Rei David - de abençoada memória - tivesse sido recitados. que o mérito dos versículos que compõem os salmos, das palavras que o formam, das letras e vogais com que são escritos, dos nomes sagrados formados pelas iniciais e finais - concorram para trazer expiação para nossas transgressões e pecado que seja erradicados da terra todos os malévolos, bem como arrancados das roseiras-bravas que cercam a rosa celestial todos os espinhos, fazendo a noiva da juventude unir-se ao seu amado em fraternidade, companheirismo e amor. Que esta mística união nos traga uma plenitude de benção para nosso espírito, alento para nossa alma, purificação para nossas iniquidades, perdão para nossos pecados e expiação para as nossas transgressões. Perdoa-nos como fizeste ao rei David, quando diante de ti recitou estes mesmo salmos como está escrito: “o ETERNO também perdoou teu pecado. não perecerás. “que Tu, ó ETERNO, não nos faças deixar este mundo antes da nossa boa hora, antes que possamos reparar o que de errado fizemos ao longo de nossa vida. que seja para nós um escudo de proteção o mérito do Rei David - de abençoada memória - e que te sejas paciente conosco e esperes té que possamos a ti entonar em completo arrependimento. Acolhe-nos em tua infinita misericórdia, como está escrito: “Sou compassivo para com aqueles a quem eu favoreço e misericordioso para com os que merecem minha misericórdia. “assim como elevamos a ti nossas canções neste mundo, que merecemos, ó ETERNO, nosso D’us, o privilégio de cantar teus louvores no mundo vindouro e, através da recitação dos salmos, levar a rosa de saron, a cantar harmoniosamente, com jubilo e êxtase, na morada do nosso D’us, revestida de esplendor e majestade, prontamente, ainda em nossos dias. amen, sêla! vinde e ergamos nossas canções ao ETERNO a rocha de nossa salvação. com ação de graças nos apresentaremos perante ele e em seu louvor entoaremos salmos. pois o ETERNO é D’us e rei majestoso, acima de todos os poderosos. Este Salmo continua o apanhado histórico do Salmo anterior. É muito mais que uma lição de história; ensina qual a lição a ser aprendida da história: a de que a presença e a benevolência de Deus estão sempre próximas dos que, se abrirem seus olhos, poderão vê-las. A mão de Deus estará sempre estendida para receber e apoiar o penitente, mesmo que tropece no pecado.

Salmo 22 – Língua Portuguesa – versão bíblia Hebraica.

Ao mestre do canto, acompanhado por “Aiélet Hashachar”, um salmo de David. Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste? Por que deixaste tão distante minha salvação e ignoraste meu gemido angustiado? De dia clamo e à noite não silencio, e Tu não me escutas. Mas Tu és o Santo, e a Ti se dirigem os louvores de Israel! Em Ti confiaram nossos patriarcas, confiaram plenamente e Tu os resgataste. Clamaram a Ti e foram salvos; em Ti acreditaram e não foram desiludidos. Quanto a mim, sou como um verme e não homem, opróbrio da plebe, vergonha do povo. Zombam de mim os que me fitam, riem e meneiam ironicamente suas cabeças. Dizem-me, porém, confia no Eterno! Ele o redimirá, Ele lhe trará salvação, porque nele se compraz. Tu me tiraste do ventre materno e me fizeste sentir seguro, contra seu peito. Desde meu nascimento, em Teus braços fui entregue; mesmo antes de nascer, já eras meu Deus Não Te afastes de mim, porque muito próxima está a aflição e não há quem me proteja, senão Tu. Touros furiosos me cercaram, touros do Bashan me rodearam. Abriram contra mim suas bocas como um leão que estraçalha e ruge. Sinto-me como água derramada que não pode voltar a seu recipiente, meus ossos fraquejam; meu coração parece ser de cera, de tal forma se derrete dentro de mim. Minha força secou como a argila, minha língua está colada ao paladar e me deitaste no pó da morte. Cães me cercam, uma turba de perversos me rodeia, atacam meus pés e minhas mãos como se fora um leão. Verifico como estão meus ossos enquanto eles me observam e tripudiam. Minhas roupas, entre si repartem, minhas vestimentas sorteiam. Mas Tu, ó Eterno, eu te peço, não Te afastes de mim; ó minha Força, apressa-Te e vem em meu auxílio! Salva minha alma da espada, minha vida das presas dos sabujos. Livra-me da boca do leão, resgata-me dos chifres dos touros selvagens. Então, a salvo, proclamarei Teu Nome a meus irmãos e louvarte-te-ei do seio da multidão! Vós que sois a semente de Jacob, honrai-O! Reverenciai-O todos vós, descendentes de Israel. Porquanto não desprezou nem ignorou a angústia do aflito e dele não escondeu Sua face e atendeu a sua prece. Graças a Ti poderei proclamar meu louvor às multidões; cumprirei minhas promessas na presença daqueles que O temem. Os humildes hão de comer e se fartar; os que buscam o Eterno hão de louvá-lo e vida perene terão seus corações. Dos confins da terra, todos a Ti se voltarão com compreensão e ante Ti se curvarão todas as famílias das nações Pois só do Eterno é a realeza e Seu é o domínio sobre todos os povos. Comerão todos os povos a fartura da terra e ante Ele se prostrarão; reverenciá-lo-ão os que retornam do pó, mas então já será tarde porque suas almas não fará viver. Da descendência dos que O servem, de geração em geração, será relatada a magnificência de Sua glória. Anunciarão às gerações vindouras a bondade de seus feitos.

Salmo 22 – Língua Hebraica – Transliterado

Yir’ê Adonai halelúhu, col zéra Iaacov cabedúhu, vegúru mimênu col zéra Yisrael. Ki lo vaza velo shicats enut ani, velo histir panav mimênu, uveshaveô elav shamêa. Meitechá tehilati becahal rav, nedarai ashalem négued iereav. Iochelú anavim veyisbáu, iehalelu Adonai doreshav, iechi levavchém laad. Yiskerú veiashúvu el Adonai col afsê árets, veyishtachavu lefanêcha col mishpechót goyim. Ki ladonai hamelucha, umoshel bagoyim. Achelu vayishtachavu col dishnê érets, lefanav yich’reú col ioredê afar, venafsho lo chiiá. Zéra iaavdênu, iessupar ladonai lador. Iavôu veiaguídu tsidcato, leam nolad ki assa Lamenatsêach al aiélet hasháchar mizmor ledavid. Eli Eli lama azavtani, rachoc mishuati divrê shaagati. Elohai ecra iomam velo taane, velaila velo dumiia li. Veata cadosh, ioshev tehilot Yisrael. Bechá batechu avotênu, batechu vatefaletêmo. Elêcha zaacu venimlátu, bechá vatechu velo vôshu. Veanochi toláat velo ish, cherpat adam uvzui am. Col roai ial’igu li, iaftíru vessafa ianíu rosh. Gol el Adonai iefaletêhu, iatsilêhu ki cháfets bo. Ki ata gochi mibáten, mavtichi al shedê imi. Alêcha hosh’lachti meráchem, mibéten imi Eli ata. Al tirchac mimêni ki tsará kerova, ki en ozer. Sevavuni parim rabim, abirê vashan kiterúni. Patsu alai pihem, ariê toref veshoeg. Camáyim nishpachti vehitparedu col atsmotai, haia libi cadonag names betoch meai. Iavesh cachéres cochi uleshoni mudbac malcochai, velaafar mávet tishpetêni. Ki sevavuni kelavim, adat mereim hikifúni, caari iadai veraglai. Assaper col atsmotai, hema iabitu yir’u vi. Iechalecú vegadai lahem, veal levushi iapílu goral. Veata Adonai al tirchac, eialuti leezrati chusha. Hatsíla mechérev nafshi, miiad kélev iechidati. Hoshiêni mipi ariê, umicarnê remim anitáni. Assaperá shimchá leechai, betoch cahal ahalelêca

Salmos 22 – Ouvir – Voz do Repórter Cid Moreira

http://www.youtube.com/watch?v=wBM4LG6xpKk